Os maiores riscos e benefícios do beijo na boca

A atividade pode melhorar o humor, mas também transmitir diversas doenças

Dificilmente paramos para pensar nos efeitos negativos que beijar alguém pode causar na nossa saúde. Porém, durante um único beijo, milhões de bactérias são transmitidas através da saliva. Se algum agente patogênico é contraído nesse momento, o indivíduo pode adoecer ou se tornar um transmissor da infecção, mesmo sem apresentar nenhum sintoma. 

Por meio de um beijo na boca podemos adquirir diversas doenças, as principais são a mononucleose (anomalia na corrente sanguínea que causa febre, fadiga e irritações na pele), a herpes labial (infecção que causa feridas ao redor da boca), a Hepatite A (inflamação do fígado causada pelo vírus VHA) e as doenças periodontais. Apesar de ser extremamente raro, alguns casos onde há a existência de pequenas feridas na boca podem resultar na transmissão de sífilis. Gripes e resfriados também podem ser transmitidos, assim como a catapora e a caxumba. 

O risco é maior para aqueles que beijam várias bocas diferentes com frequência. E não adianta muito tentar procurar algum indício de contaminação na outra pessoa, porque as feridas só podem ser facilmente visualizadas quando as doenças bucais já se encontram em estados mais avançados. O vírus da Hepatite B, por exemplo, pode ser transmitido quando o organismo ainda não gerou nenhum sintoma.

Por outro lado, beijar na boca é uma forma de melhorar o humor e diminuir a ansiedade. A atividade é capaz de estimular o nosso cérebro a produzir serotonina e ocitocina, dois hormônios que são responsáveis pela felicidade. O baixo índice deles no organismo pode acarretar diversos transtornos mentais.

A transmissão de bactérias durante o beijo também tem seus pontos positivos. Elas acabam aumentando as defesas naturais do organismo e criando anticorpos. Um casal que se relaciona de maneira exclusiva há um certo período de tempo pode passar a ter micro-organismos parecidos, ou seja, proteção contra as mesmas infecções. 

Porém, é muito importante tomar os devidos cuidados com a higiene oral antes, durante e depois de qualquer beijo na boca, independente da situação. Os riscos de contaminação podem ser minimizados escovando os dentes após as refeições, usando fio dental, escovando a língua e frequentando regularmente o dentista.

DEIXAR RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Por favor digite seu nome