O que é a telemedicina? Entenda como funciona o atendimento remoto

O serviço permite uma série de interações entre os profissionais de saúde e pacientes

A telemedicina é uma estratégia criada para expandir e fortalecer os serviços de atendimento médico. O objetivo dela é superar barreiras geográficas entre médicos e pacientes, ou entre os próprios profissionais, facilitando a troca de informações por meio das tecnologias de comunicação existentes. Com ela, as equipes de saúde podem oferecer atendimento básico de maneira remota, sem filas de espera ou deslocamentos desnecessários dos pacientes, assim como obter capacitação.

Dentre os serviços oferecidos, estão as consultas online, leituras de exames, monitoramentos e outras atividades clínicas. Geralmente, são utilizados aparelhos como smartphones e computadores que facilitem o diálogo. Assim, exames podem receber laudos de especialistas em diferentes países, custos podem ser reduzidos e soluções são encontradas com maior velocidade.

As ferramentas também permitem que os profissionais da saúde tenham acesso à cursos e especializações online de qualquer lugar no mundo. Em certas ocasiões, eles podem até mesmo trocar informações entre si para auxiliar possíveis decisões médicas. Dessa forma, a telemedicina funciona como um importante instrumento de assistência para a medicina tradicional. 

Telemedicina e a pandemia de Covid-19

No início deste ano, grande parte dos países precisou aderir ao isolamento social como forma de combater a Covid-19. As recomendações médicas pediam para que a população ficasse em casa, saindo apenas para atividades essenciais. Além disso, os hospitais e unidades de atendimento tornaram-se locais com grande risco de contágio. 

As consultas remotas, ou teleconsultas, entram como solução, tanto para quem faz parte dos grupos de risco e não pode se deslocar até as equipes de saúde, quanto aqueles que não conseguiram atendimento de outra forma por conta da enorme demanda. 

Apesar do primeiro contato a distância entre médico e paciente não ser considerado ideal, as condições tornaram essa a melhor alternativa. Dispositivos que permitem chamadas de vídeos são os mais indicados. Com eles o profissional pode ver o paciente e observar questões como a respiração ou o aspecto físico.  

O serviço de telemedicina torna-se especialmente importante diante de uma doença como a Covid-19, que possui muitas características ainda desconhecidas e informações novas surgindo a cada dia. Ele permite que o profissional da saúde entre em contato com outras equipes médicas para compartilhar conhecimentos, resultados recentes, executar avaliações conjuntas de exames e outras parcerias possíveis de serem realizadas por meio da tecnologia de comunicação. 

DEIXAR RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Por favor digite seu nome