Você já se perguntou como os vírus e bactérias conseguem passar de animais para humanos? Essa atividade se chama zoonose e acontece quando o agente desencadeador se adapta e migra de uma espécie para outra com o objetivo de se perpetuar. As zoonoses são as doenças infecciosas capazes de serem transmitidas entre diferentes espécies, um exemplo mais conhecido é a toxoplasmose. E foi exatamente isso que aconteceu com o vírus causador da Covid-19 para que ele chegasse até nós.

Até o momento, os morcegos são a espécie que mais possui e transfere vírus para a espécie humana, já que podem ser infectados por vários tipos de coronavírus em diversas regiões do mundo. A transmissão pode ocorrer a partir do contato direto com saliva, sangue, fezes ou outros fluidos corporais de um animal infectado. Os pesquisadores acreditam que foi dessa maneira que o novo coronavírus chegou até nós, sofrendo mutações para melhor se adaptar em outros hospedeiros, pois, para melhorar sua propagação, ele procura cada vez mais moradias. 

A surpresa dos especialistas está na rapidez com que o Covid-19 leva seu hospedeiro a óbito, já que isso vai contra o objetivo dos vírus: infectar o maior número de organismos possíveis. Quanto mais rápido o indivíduo infectado morre, menos pessoas ele vai conseguir infectar. Por isso a aniquilação do hospedeiro geralmente não é tão rápida ou tão intensa, como o observado nas gripes comuns.

Podemos considerar a interferência do homem no meio ambiente como a principal causa das zoonoses, pois, no momento em que transpassamos terrenos antes inexplorados, estamos sujeitos a todos os problemas que se encontram ali. A solução então seria simplesmente respeitar o ambiente dos outros animais. 

DEIXAR RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Por favor digite seu nome