O mundo vive um momento difícil enquanto a humanidade sente os efeitos de uma pandemia. São muitas dúvidas e situações que nunca havíamos enfrentado antes. Contudo, devemos buscar algo mais. A fé não move somente montanhas: junto com o amor da nossa família, ela é capaz de transformar vidas. Agora, estamos vivendo mais um Círio de Nazaré, que apesar de muito diferente, será repleto de afeto e carinho compartilhados com aqueles que amamos. A fé, o amor e a família sempre serão fundamentais para continuarmos. Viva Nossa Senhora de Nazaré e feliz Círio para todos os paraenses!

A gastronomia vem há muitos séculos exercendo um papel essencial na união das pessoas. Durante o mês de outubro, ela marca ainda mais a vida dos paraenses. Todos estaremos preparando o pato no tucupi, a maniçoba, o vatapá e outros diversos pratos típicos. Para celebrar um período tão especial, preparei uma receita exclusiva de filhote grelhado com castanha do Pará.

Filhote grelhado com castanha do Pará, cuscuz de farinha d’água, tucupi, jambu e manga

Ingredientes:

300g de filhote

100g de farinha d’água

50 ml de tucupi temperado 

Meio maço de jambu

1 manga cortada em cubos 

Azeite

1 limão 

Cheiro verde

Hondashi

Preparo:

Comece selando o filhote em uma frigideira quente com um fio de óleo. Em seguida, cobrir com a castanha do Pará triturada e levar ao forno pré-aquecido em 180º graus por 7 minutos. Reserve. Para preparar o cuscuz, coloque azeite, meia cebola cortada e dois dentes de alho. Logo depois, você deve acrescentar a farinha, o jambu e o tucupi. Aguarde hidratar e finalize com o restante dos ingredientes. Dica: No final, coloque uma pitada de hondashi, um fio de azeite e raspas de limão.

Dica de Montagem: 

Dispor o cuscuz no centro do prato, posicionando o peixe por cima, e decorar com um ramo de cheiro verde.

DEIXAR RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Por favor digite seu nome